Carla Quieroz, Informações, Saúde e Beleza

Alimentos Fermentados – Probióticos

Hoje vamos falar do benefício dos alimentos fermentados e a saúde intestinal.

O intestino saudável é repleto de bactérias probióticas, de reconhecidas ações benéficas:

  1. Protetoras, impedindo a proliferação de bactérias patogênicas;
  2. Imunomoduladoras, fazendo com que as células de defesa atuem eficazmente frente a substâncias nocivas;
  3. Nutricionais, por serem fonte de vitaminas do complexo B e Vitamina K, sintetizarem enzimas digestivas, atuarem na redução dos níveis de colesterol plasmático e agirem sobre as fibras (pre bióticos) formando os ácidos graxos de cadeia curta, principal fonte energética para manutenção de um intestino saudável.

Consumindo alimentos fontes de pré bióticos (alho, cebola, escarola, cogumelos, frutas ) assim como os fermentados, que contém probióticos, favorecemos a manutenção da microbiota saudável.

São vários os alimentos que podem ser fermentados: vegetais, condimentos, bebidas, etc.
O kefir, de leite ou de água, são constituidos por bactérias e leveduras que metabolizam o açúcar, transformando a bebida num conjunto de microrganismos benéficos, cheia de nutrientes.
Evite alimentos que favorecem o crescimento das bactérias ruins: gordura, açúcares,
glutamato monossódico, ou seja, retire ao máximo os alimentos industrializados de seu prato e coma comida de verdade!

Outro exemplo é o kombucha, uma bebida popularmente consumida em todo o mundo, composta de bactérias probióticas, além de polifenóis do chá, ácidos orgânicos, etanol, vitaminas hidrossolúveis e vários micronutrientes produzidos na fermentação.

 

Esta matéria foi escrita pela nutricionista Carla Queiroz.

Carla Queiroz é nutricionista e administra a Fanpage Chá com a Nutri (clique aqui)

Sobre o autor.

Postagens relacionadas