spot_imgspot_img

Estratégias para ajudar seu filho hiperativo

Uma criança com hiperatividade, é importante estabelecer regras e assegurar-se que as mesmas foram devidamente entendidas. Para tal, a Associação Portuguesa da Criança Hiperativa (APCH) aconselha:

Quando falar com a criança, tenha a certeza de que ela está com o foco em si, olhando-a nos olhos.
Dê instruções simples, breves e o mais concretas possíveis.
Garanta que tudo o que foi dito foi perceptível para o seu filho, pedindo-lhe que repita o acordado.
Estabeleça horários regulares para acordar, fazer refeições, brincar, jogar, fazer os trabalhos de casa, ver televisão e ir para a cama.
Sempre que houver modificações na rotina (por exemplo, durante as férias), explique adiantadamente.
Se a criança não cumprir as regras ou for indisciplinada, repreenda com um castigo justo e curto. “Quando a criança não acabar uma certa tarefa combinada de antemão, é muito eficaz que perca alguns privilégios já adquiridos (por exemplo, não jogar computador durante hora e meia como combinado)”, exemplifica a APCH.
Seja positivo, indicando à criança o que ela deve fazer, e não o que não deve fazer.
Não existe uma causa específica para a hiperatividade. Na realidade, ela pode ter diversas origens, com intervenção de ordem biológica (fatores genéticos) e ambiental (contexto social, relacionamento familiar).

Priscila Oliveira - Super Kids
Psicopedagoga que comanda a SUPER KIDS. Alfabetização e aulas de português. Treinamento das habilidades cognitivas e socioemocionais, como memória, concentração, foco, atenção, autoestima e criatividade; essenciais para melhorar resultados escolares, com uma metodologia lúdica e inovadora.
- Publicidade -

Assuntos Relacionados

Destaque Lojas e Serviços

Leia Também

- Publicidade -

Instagram

- Publicidade -