spot_imgspot_img

Valentine’s Day – バレンタインデー

O Dia dos Namorados no Japão, diferente do Brasil é comemorado no dia 14 de fevereiro e é chamado de Valentine’s Day – バレンタインデー (Dia de São Valentim) no qual se celebra a união amorosa entre casais e namorados, sendo comum a troca de cartões e presentes com símbolo de coração, tais como as tradicionais caixas de bombons.

A origem desta data vem de várias histórias sobre São Valentim, a mais famosa é do bispo Valentim que lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes na Idade Média.
Ele continuou celebrando casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte que aconteceu no dia 14 de fevereiro. Durante a prisão dizem que ele escreveu uma carta apaixonada a filha do carcereiro assinando como seu Valentim .

Mas existem uma dúzia de padres São Valentim porque o nome era muito popular do século 2 ao 8 A.C. , e até de um papa São Valentim que teve um mandato de 4 dias. Como muitos deles foi canonizado pela igreja católica, não dá para afirmar corretamente qual deles a comemoração representa.

A primeira menção do Dia de São Valentim como uma comemoração romântica apareceu nos poemas do escritor Geoffrey Chaucer em 1382 na Idade Média. Um novo foco no amor cortês ilícito, que os cavaleiros davam rosas às suas donzelas e celebravam sua beleza em canções. Mas o açúcar ainda era uma mercadoria preciosa na Europa, então não se falava em trocar presentes de doces e a tradição começou com a troca de cartas e depois cartões com declarações de amor.

Por volta de 1840, o Dia dos Namorados já era comemorado na maior parte do mundo de língua inglesa. Nessa briga louca de amor veio Richard Cadbury, descendente de uma família britânica de fabricantes de chocolate. A Cadbury havia melhorado recentemente sua técnica de fabricação de chocolate para extrair manteiga de cacau pura de grãos inteiros, produzindo um chocolate mais saboroso. Esse processo resultou em uma quantidade excessiva de manteiga de cacau, que a Cadbury usou para produzir muito mais variedades do que era então chamado de “comer chocolate”. Richard reconheceu uma grande oportunidade de marketing para os novos chocolates e começou a vendê-los em caixas lindamente decoradas que ele mesmo desenhou.

No Japão a fabricante de confeitos Kobe Morozof desde 1936 já publicava em um circular de língua inglesa a seguinte propaganda: “Presenteie o seu Valentine (= ente querido) com chocolate”「あなたのバレンタイン(=愛しい方)にチョコレートを贈りましょう」.

Na década de 1970, os fabricantes e distribuidores de doces notaram que em fevereiro as vendas caíam, e foi então que um publicitário planejou e lançou nas lojas de departamento e pôsters a estratégia de que somente as mulheres presenteassem os homens com chocolates, pois na sociedade machista japonesa os homens não tinham o costume de presentear as mulheres.

Assim surgiu o formato japonês do Valentines Day, onde as mulheres devem dar chocolate aos homens:

  • Honmei Choco – 本命チョコ, seria o chocolate aos namorados e maridos.
  • Giri Choco – 義理チョコ, homens que não há sentimento de amor, mas são superiores a sua posição na sociedade.
  • Tomo Choco – 友チョコ, chocolates para presentear amigos, irmãos e ou primos.

E por sua vez os homens presenteados deverão dar o presente as mulheres que os presentearam no dia 14 de Março, chamado de White Day.

Apesar de ser uma data essencialmente comercial, é muito querida pelos jovens, pois é o Dia dos Namorados no Japão.

Fontes: Site History.com – History of Valentine’s Day  / How Chocolate Became a Valentine’s Day Staple / Wikipedia

Portal Japão
Portal Japãohttps://www.portaljapao.com
Ligando pessoas, lugares e culturas no universo digital
- Publicidade -

Assuntos Relacionados

- Publicidade -spot_img

Destaque Lojas e Serviços

Leia Também

- Publicidade -

Instagram

- Publicidade -